USJ traz Debate com a Palestra: “EFICIÊNCIA DO SISTEMA PÚBLICO BRASILEIRO”
25 de maio de 2017
Acadêmicos do Curso de ADS participam de Palestra no MPSC
2 de junho de 2017

Acadêmicas do Curso de Pedagogia do USJ realizam pesquisa de estudos na Disciplina de Estágio Curricular na Educação Infantil

Nesse ano, na Disciplina de Estágio Curricular na Educação Infantil, a Professora Doutora Izabel Cristina Feijó de Andrade, pesquisadora da Abordagem Italiana Reggio Emilia, propôs às estagiárias, estudos e pesquisas sobre a metodologia que foi municipalizada na Itália formando rede Reggio Children que é composta por 13 creches e 21 pré-escolas da cidade.  As estagiárias do Centro Universitário Municipal de São José (USJ) escolheram o CEI Ana Sperandio Batisti para realizar as primeiras observações e, ao identificarem o potencial de atuação comunicaram a Diretora Maria Aparecida Ramos Erkmann dos objetivos e desejos. Ao perceberem a acolhida da direção e dos professores, investiram numa prática voltada para a construção do Ateliê de Artes para todas as crianças de 0 a 6 anos tendo como base os seguintes pressupostos:

  • Reconhecimento das múltiplas potencialidades de cada criança;
  • Atendimento da individualidade;
  • Combinação da prática nas linguagens gráficas, pictóricas, do corpo, ligadas ao movimento, da comunicação verbal e não verbal, icônicas, do pensamento lógico-científico-natural, das discussões éticas.

Essa perspectiva faz com que as escolas não trabalhem apenas com as linguagens codificadas e reconhecidas, mas reconheçam as experiências reais obtidas por meio da pesquisa e de descobertas sensoriais dos próprios estudantes.

As práticas propostas pelas 11 estagiarias do USJ foram  de conduzir as atividades no Ateliê de forma democrática, tendo a participação da equipe pedagógica, das crianças, dos familiares e dos funcionários da Creche.  Todos considerados atores importantes na consolidação do Ateliê. Nosso objetivo foi de reconhecer as diversas descobertas da criança e empoderá-la com a ideia de experimentar, de descobrir o mundo e os outros, a partir do manejo das diferentes linguagens.

A metodologia de Reggio Emilia enfatiza a subjetividade das crianças e reforça o valor de cada indivíduo e por isso zela por um modelo educativo que dê conta de todas as particularidades. Dentro da atuação das estagiárias do USJ, foram apresentadas no Ateliê, cinco oficinas diferentes (cada uma com mais de cinco atividades)  que foram planejadas de forma coletiva, respeitando as particularidades.

  • Oficina do Corpo Humano: as diferentes características;
  • Oficina Tudo bem Ser Diferente;
  • Oficina das Cores;
  • Oficina de Mandalas e Teatro de sombras;
  • Oficina de Brinquedos e pinturas;

As oficinas tiveram a duração de oito dias consecutivos e as crianças de todos os grupos alternavam-se para participação e produção.  No último encontro no dia 01 de junho, as estagiárias apresentaram um teatro para todas as crianças do CEI a partir da releitura da história da Dona Baratinha.

20170524_095803