Projetos de Extensão

2021 – PROJETOS DE EXTENSÃO

I – PROGRAMA NES – NÚCLEO DE ESTUDOS SÊNIOR

  • O NES/USJ – Núcleo de Estudos Sênior do USJ, é um programa de extensão coordenado pela Professora Taís Baumgarten Carvalho, voltado para o atendimento social e pedagógico de adultos maiores de 45 anos, por meio do qual oferta, nas terças-feiras, das 14h15 às 16h45, cursos ministrados por professores do USJ ou convidados externos, além de promover palestras, apresentações e atividades culturais diversas. São objetivos do programa: Promover atenção e integração social do adulto maduro Josefense; Proporcionar informações úteis sobre temas e assuntos da atualidade; Melhorar a qualidade de vida dos cidadãos Josefenses (adultos mais felizes, com autoestima). Em 2021, devido à pandemia provocada pelo Covid-19, o USJ ofertou lives pelo GMeet, para aproximadamente 30 participantes a cada encontro, sobre temas do interesse do público-alvo, por meio de profissionais convidados, com intermediação da coordenadora do programa.
  • Os eventos ofertados no decorrer deste ano de 2021, foram:

Data

Palestrante

Tema

N°Particip.

09/03/2021

Taís Baumgarten Carvalho

Aula Magna: Como fazer um NES incrível

20

16/03/2021

Taís Baumgarten Carvalho

Tema: Sonhos. Qual sua forma de pensar?

Vídeo: Rápido e Devagar: duas formas de pensar – Livro de Daniel Kahneman

20

23/03/2021

Taís Baumgarten Carvalho

Dilema das Redes Sociais e fantasias da Rede Social.

26

30/03/2021

Taís Baumgarten Carvalho

O Desapego para a saúde mental: Ser ou Ter? Eis a questão!

26

06/04/2021

Laine Valgas

Saúde Mental

42

13/04/2021

Carla Santos

Como despertar sua essência através da auto aceitação

36

20/04/2021

Letícia Baccin

Quais são as Raízes do Medo

33

27/04/2021

Dra Marisa Assunta Fantin

Homeopatia e melhora da imunidade: Equilíbrio e energia vital na 3ª idade em tempos de pandemia.

32

04/05/2021

Marcia de Brito

Contoterapia como processo de cura

26

11/05/2021

Ana Paula Schveitzer

Superação através das terapias holísticas e a aplicação no dia a dia

33

18/05/2021

Iolanda Vilas Boas Fin

Porque estamos aqui?

30

25/05/2021

Dione Dias Alves

O corpo fala: padrões mentais na 3ª idade

29

01/06/2021

Andreia Cristina Pimentel Coelho

Você é educado financeiramente?

27

08/06/2021

Fernando Magalhães Teixeira

As 5 Leis Biológicas: Por que adoecemos?

26

15/06/2021

Priscila Godinho

Constelação Familiar, na prática

22

22/06/2021

Simone Di Bernardi Martins

Prosperidade: Você sabe o real significado?

23

29/06/2021

Virginia Shinzato

Envelhecimento e cuidado com o Idoso

22

06/07/2021

Iolanda Vilas Boas Fin

O mundo Subatômico

40

03/08/2021

Taís Baumgarten Carvalho

Recordar os temas do primeiro semestre e discutir novas ideias, planejando o semestre

18

10/08/2021

Soraya Alves

Emoções e saúde

22

17/08/2021

Edilson Valente

Inteligência Emocional, o que é?

22

24/08/2021

Taís Baumgarten Carvalho

Café Com Sabedoria/Esperança/Fé

19

31/08/2021

Juliana Izelda da Silva de Oliveira

Direito dos idosos: qual o papel da assistência social?

18

14/09/2021

Daniele Torquato Alves

A relação e a importância da respiração consciente com os nossos sonhos

21

21/09/2021

Dione Alves

Floresça onde Deus te plantou

21

28/09/2021

Luana Bertamoni Wachholz

Mitos e Verdades Sobre a Alimentação

23

05/10/2021

Yasmin El Kadri e Ana Laura Alves

Que tal aprender como usar a nutrição no dia-a-dia?

20

19/10/2021

Marisa Assunta Fantin Ribeiro

Como a medicina pode contribuir para a qualidade de vida, na terceira idade?

19

26/10/2021

Maísa Carla Giasson

Resgatando nossos saberes com as medicinas naturais.

19

09/11/2021

Kathleen Bonetti Dutra

Cuidados com a pele na melhor idade

22

16/11/2021

Iolanda Vilas Boas Fin

Por que precisamos mudar?

26

23/11/2021

Virginia Shinzato

Florias e Virtudes: abrindo o coração.

19

30/11/2021

Felipe Fank

Sono e Exercício Físico – movimente-se para dormir melhor!

20

07/12/2021

Pâmela Silveira

Aula de encerramento das atividades, com live sobre: Felicidade – viver e não ter a vergonha de ser feliz!

20

ALGUNS REGISTROS

II – PROGRAMA DE IMPLANTAÇÃO DA PLATAFORMA GOOGLE FOR EDUCATION (GSUÍTE), PARA O USJ: 

  • Coordenado pelo Professor Marcelo Eyng, este programa de extensão tem como objetivo acompanhar a implantação da Plataforma GSuíte para Educação no USJ, para que o uso de ferramentas de inovação educacional seja melhor utilizado de modo que professores e alunos aprendam e inovem, juntos. O processo para a plataforma GSuíte educacional do Google foi liberado para o uso, tendo sido realizado, em 2020, todos os procedimentos iniciais de implantação, inclusive sendo realizado o cadastramento da instituição na plataforma, bem como a criação de endereço eletrônico para todos os alunos e professores da instituição. Em 2021, o USJ novas capacitações para professores e alunos do USJ, especialmente para os alunos ingressantes (calouros), e professores recém-contratados. Toda a comunidade acadêmica do USJ está sendo contemplada com o uso dessas ferramentas, desde o semestre 2020/1. Por meio deste Programa, a comunidade acadêmica pode fazer uso de diversos produtos e soluções ofertadas pelo Google, dentre as quais destacam-se:
  • E-mail institucional – Ilimitadas contas de e-mail com armazenamento ilimitado;
  • Google Docs – Editor de texto;
  • Google Planilha – Planilha eletrônica;
  • Google Apresentações – Apresentações;
  • Hangout – Ambientes de videoconferência;
  • Armazenamento ilimitado através do Google Drive;
  • Agenda – possibilita o compartilhamento de atividades e eventos;
  • Formulários – Possibilita a geração de pesquisas, enquetes;
  • Sites – Liberdade de criação de sites e páginas para a internet;
  • Google Sala de aula – composto pelo “classroom” e pelo “atividades”, ferramentas que possibilitam a interação entre professores e alunos, possibilitando a disponibilização de material e de atividades.
  • Youtube – Para a criação de vídeos em atividades de aula e para a instituição.

III – PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DA PLATAFORMA GOOGLE PARA EDUCAÇÃO NA SME/SJ – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO JOSÉ: 

  • Coordenado pelo Professor Marcelo Eyng, em parceria com a Professora Luciana Schmitz, este programa de extensão tem como objetivo favorecer a implantação, acompanhamento e treinamento na implantação da Plataforma Google Workspace para Educação, junto à Secretaria Municipal de Educação de São José/SC, para o uso de ferramentas de inovação educacional pelos professores rede, de modo que docentes e alunos aprendam e inovem, juntos. Dentre as inúmeras atividades executadas ao longo de 2021, destacam-se: Inclusão de e-mails de alunos e professores, na Plataforma; Correções e novas inclusões de contas de e-mail dos alunos, separados por escolas; Enturmação e ajustes de enturmação de professores; Enturmação de alunos novos devido a matrículas e transferências;
    Ajuste na enturmação de alunos das modalidades Híbridas, e Grupos de Risco; Ajustes nas turmas de escolas (criação, modificações, exclusões); Capacitações de professores e de alunos, para o uso da plataforma.

 

IV – PROGRAMA NAF/USJ – NÚCLEO DE APOIO CONTÁBIL E FISCAL DO USJ

  • O NAF é um projeto desenvolvido pela Receita Federal em parceria com Instituições de Ensino Superior, cujo objetivo é oferecer serviços contábeis e fiscais gratuitos para pessoas físicas e jurídicas de menor poder aquisitivo, não substituindo, porém, um escritório de contabilidade.
  • O NAF tem, dentre outras atribuições:
  1. Atender à comunidade, especialmente aos MEI’s (microempreendedores individuais), com vistas a assessorar quanto à abertura do MEI, valores a serem pagos na abertura, documentação exigida, alvarás, atraso de pagamento, parcelamento de impostos, regularização do CNPJ; realização de inscrição e cadastro, e outras orientações;
  2. Proporcionar aos acadêmicos participantes do programa, formação sobre a função social dos tributos, direitos e deveres associados à tributação;
  3. Qualificar o acadêmico por meio da vivência prática, proporcionando a aplicação do seu aprendizado acadêmico;
  4. Gerar o conhecimento acerca das obrigações tributárias em discussões, palestras, grupos de estudo, treinamentos e visitas guiadas à Receita Federal;
  5. Participar e divulgar o NAF em feiras e outros eventos comunitários;
  6. Atender à comunidade com orientação contábil e fiscal a pessoas físicas de baixa renda, microempresas, MEI e entidades sem fins lucrativos;
  7. Estreitar relacionamento com a Receita Federal do Brasil curso de Ciências Contábeis da USJ;
  8. Prestar serviço de consultoria na área contábil e fiscal, inclusive no atendimento à comunidade para realização do IRPF 2021/2020;
  9. Atuar em parceria com outros projetos de extensão do USJ.
  • Ao longo de 2021, o NAF/USJ apresentou os seguintes resultados:
  • Reuniões e treinamento de capacitação para os alunos integrantes do NAF/USJ, para prestarem atendimento na Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) da Prefeitura Municipal de São José (PMSJ);
  • Estruturação do NAF junto ao CAC/PMSJ;
  • Até julho/2021, o NAF prestava atendimento à comunidade sempre às quartas-feiras. A partir de agosto/2021, o atendimento passou a ser ofertado às quartas e às sextas-feiras, das 14h às 18h, junto ao CAC/PMSJ;
  • Até julho/21, eram realizados 25 atendimentos por mês, em média. A partir de agosto/21, esse número de atendimentos dobrou, sendo então realizados, em média, 50 atendimentos ao mês.

ALGUNS REGISTROS

AGENDA DE ATENDIMENTOS EM JUNHO/2021

V – PROGRAMA COCREATION LAB DE SÃO JOSÉ

  1. O QUE É O COCREATION LAB?

O CocreationLab é um laboratório de ideação que visa desenvolver o empreendedorismo e transformar ideias em negócios.  Trata-se de um ambiente colaborativo voltado para pessoas que tenham ideias nas áreas de economia criativa com potencial de gerar novos empreendimentos.

A partir de editais, são selecionados projetos nas áreas de Tecnologia, Design, Artes, Turismo e Gastronomia, que, ao longo de cinco meses, passam por um processo de pré-incubação no qual se têm à disposição um conjunto de atividades e apoio institucional que auxiliarão nas etapas de validação dos modelos de negócios.

  1. SOBRE O COCREATION LAB DE SÃO JOSÉ

O USJ, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação de São José (SMDEI), firmaram um Termo de Cooperação Técnica, em maio de 2021, para viabilizar a retomada deste programa de extensão, que foi interrompido em 2020 devido à pandemia pelo Covid-19.

O Cocreation Lab de São José está localizado na Rua Jair Vieira, n.76, Kobrasol – junto à Reitoria da USJ (Centro Universitário Municipal de São José), São José – SC.

  1. AO PROJETO COCREATION LAB DE SÃO JOSÉ, COMPETE:
  • Conduzir o processo de construção do negócio, apoiando os cocreators em ações de:
    Gestão, Marketing, Finanças, Validação de negócios, Construção de MVP (Produto Mínimo Viável), e Fortalecimento dos espíritos criativo, inovador e empreendedor dos cocreators;
  • Promover negociações diretas com os cocreators, na própria universidade ou de modo online, ou em local que facilite para ambos os envolvidos;
  • Construir ações de apoio aos cocreators, em conjunto com a equipe de gestão;
  • Participar de reuniões (presenciais e/ou virtuais) e prestar serviço presencial e/ou virtual, em acordo com o Coordenador Geral do Cocreation Lab de São José, respeitando-se a carga horária definida por este edital;
  • Apresentar, ao final do semestre, relatório minucioso de todas as atividades desenvolvidas e controle do público atendido, bem como o relato das atividades desenvolvidas;
  • Acompanhar e fiscalizar, por intermédio de representante para tanto designado, as ações relativas ao objeto do Termo
  1. RESULTADOS APRESENTADOS PELOS MENTORES SELECIONADOS PELO USJ PARA O ATUAREM NO PROGRAMA COCREATION LAB DE SÃO JOSÉ, EM 2021:
  • Participação de treinamentos sobre a Plataforma TXM e o processo de pré-incubação;
  • Condução de processo de construção do negócio, apoiando todos os cocreators em ações de: gestão, marketing, finanças, validação de negócios, construção de MVP (produto mínimo viável), e fortalecimento dos espíritos criativo, inovador e empreendedor;
  • Aplicação da técnica de cocriação reunindo todos os cocreators na própria universidade ou de modo online, ou em local que facilitou a troca de conhecimento e apoio mútuo;
  • Construção de ações de apoio aos cocreators, em conjunto com a equipe de gestão do Projeto Cocreation;
  • Participação de reuniões (presenciais e/ou virtuais) e prestação de serviço presencial e/ou virtual, em acordo com o Coordenador Geral do Cocreation Lab de São José, Professor Dr. Luiz Salomão Ribas Gomez.
  • Condução de palestras com mentores do Projeto Cocreation e todos os mentorados (cocreators);
  • Prestação de mentoria individual (uma equipe) por professor;
  • Avaliação de todos os mentorados (cocreators);
  • Execução de palestras sobre os temas dominados pelos professores que auxiliam e encorajam os projetos.
  1. NÚMERO DE PROJETOS SELECIONADOS E ATIVOS:
  • Número de Projetos Selecionados: 15
  • Número de Projetos Ativos, Atualmente (Nov/21): 11
  1. PROFESSORES MENTORES SELECIONADOS PELO USJ, PARA ATUAÇÃO NO PROGRAMA COCREATION LAB DE SÃO JOSÉ:
  • Dr. Fernando Nitz de Carvalho, e
  • Profª Drª Cristina Martins.
  1. CONTRIBUIÇÃO DO PROJETO PARA COMUNIDADE:

Além de fomentar o empreendedorismo tecnológico e não tecnológico que reflete em aspectos econômicos, vale lembrar das externalidades positivas, tais como benefícios sociais, educacionais e desenvolvimentistas geradas para a comunidade.

ALGUNS REGISTROS

 

VI – PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA EDUCADORES DO ENSINO FUNDAMENTAL DA REDE MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ

BREVE CONTEXTUALIZAÇÃO

No ano de 2021, a formação continuada para profissionais da Educação Básica da rede municipal de São José terá como foco a continuidade de estudos, pesquisas e aprendizados que qualifiquem as ações pedagógicas de professores e equipes escolares para implementação integral do Currículo Base da Educação Josefense em todas as suas unidades educativas nas diferentes etapas e modalidades. Cabe ressaltar que o percurso formativo motivado pela temática do currículo orienta os estudos coletivos dos profissionais da rede desde o ano de 2018, com provisionamento das seguintes etapas:

  • 2018 (1ª Etapa) – Estudo da Base Nacional Curricular e colaboração do Currículo do Território Catarinense;
  • 2019 (2ª Etapa) – Elaboração do Currículo Base da Educação Josefense;
  • 2020 (3ª Etapa) – Implementação do Currículo Base da Educação Josefense:
  • Estratégias Pedagógicas.
  • Projeto Político Pedagógico.
  • 2021 (4ª Etapa) – Implementação e Consolidação do Currículo Base da Educação Josefense:
  • Estratégias Pedagógicas.
  • Caminhos para a inter, trans e multidisciplinaridade.

Contudo, em função da pandemia de Covid-19 que assolou o mundo no ano de 2020, as aulas presenciais da rede foram interrompidas e substituídas por tempo determinado e de forma emergencial pela mediação tecnológica assíncrona, e desta forma também ocorreram os encontros formativos dos profissionais da educação da rede. Diante dessa nova realidade, houve a necessidade de alteração da trajetória da formação continuada para atender à demanda dentro das possibilidades existentes, portanto a temática prevista para o ano em questão foi revista e orientada para:

  • 2020 (3ª Etapa), em parceria com o USJ – Implementação do Currículo Base da Educação Josefense:
  • Aprofundamento de conceitos: competências, habilidades, diversidades.
  • Estratégias pedagógicas para o ensino remoto mediadas ou não por tecnologias digitais.
  • 2021 (4ª Etapa), em parceria com o USJ – Implementação e Consolidação do Currículo Base da Educação Josefense:
    • Contexto educacional na e pós-pandemia (currículo, competências socioemocionais).
    • Estratégias Pedagógicas mediadas ou não por tecnologias computacionais.
    • Avaliação.
    • Finalização do Projeto Político Pedagógico.

Neste sentido, o Centro Universitário Municipal de São José (USJ) ficou responsável por ministrar a formação continuada de todos os professores e auxiliares de ensino da rede municipal através de projeto de extensão realizado com a cooperação dos professores vinculados à instituição. Tal iniciativa justifica-se por propor a abertura de um espaço de troca entre as instituições com o intuito de gerar aprendizado, inovação e qualificação das demandas educacionais com retorno direto e indireto para a comunidade josefense. Ademais, a aproximação da educação básica e do ensino superior propõe novas perspectivas para os alunos/estudantes de ambas instituições, que têm a oportunidade de praticar os conhecimentos nos ambientes reais do mundo do trabalho.

OBJETIVO: Estudar e desenvolver ações pedagógicas para implementar e consolidar o currículo base da educação josefense nas instituições da rede de ensino de São José. 

EIXOS TEMÁTICOS: 

  • Contexto educacional na e pós-pandemia (currículo, competências socioemocionais).
  • Estratégias Pedagógicas mediadas ou não por tecnologias computacionais.
  • Avaliação.

ENSINO FUNDAMENTAL REGULAR

Formações dos professores em componentes, etapas e modalidades

 

Componente

Qtd Aprox.

Dia da hora-atividade

Período

Formador(a)

Assessor(a)

Grupo 1

Alfabetização – 1º Ano

27

Segunda-feira

Matutino

LUCIANA SCHMITZ

Carla Cristofolini

Grupo 2

Língua Portuguesa

30

LUCIANA SCHMITZ

Alexandre Gandolfi Neto

Grupo 3

Alfabetização – 5º Ano

25

PAOLA BEATRIZ MAY REBOLLAR

Carla Cristofolini

Grupo 4

Alfabetização – 1º Ano

25

Segunda-feira

Vespertino

LUCIANA SCHMITZ

Carla Cristofolini

Grupo 5

Língua Portuguesa

30

CHRYSTIAN WILSON PEREIRA

Alexandre Gandolfi Neto

Grupo 6

Alfabetização – 5º Ano

25

LUCIANA SCHMITZ

Carla Cristofolini

Grupo 7

Alfabetização – 2º Ano

26

Terça-feira

Matutino

PAOLA BEATRIZ MAY REBOLLAR

Carla Cristofolini

Aux. Ensino (mat)

35

Grupo 8

Matemática

30

LUCIANA SCHMITZ

Alexandre Gandolfi Neto

Grupo 9

Alfabetização – 2º Ano

26

Terça-feira

Vespertino

MARCELO EYNG

Carla Cristofolini

Grupo 10

Matemática

30

MARCELO EYNG

Alexandre Gandolfi Neto

Grupo 11

Ciências

32

CHRYSTIAN WILSON PEREIRA

Alexandre Gandolfi Neto

Grupo 12

Alfabetização – 3º Ano

25

Quarta-feira

Matutino

CHRYSTIAN WILSON PEREIRA

Carla Cristofolini

TAS

10

Grupo 13

História

24

PAOLA BEATRIZ MAY REBOLLAR

Alexandre Gandolfi Neto

Geografia

23

Filosofia

09

Grupo 14

Alfabetização – 3º Ano

25

Quarta-feira

Vespertino

MARCELO EYNG

Carla Cristofolini

TAS

10

Grupo 15

Alfabetização – 4º Ano

25

Quinta-feira

Matutino

VERA REGINA LÚCIO

Carla Cristofolini

Grupo 16

Alfabetização – 4º Ano

25

Quinta-feira

Vespertino

VERA REGINA LÚCIO

Carla Cristofolini

Aux. Ensino (ves)

35

Grupo 17

PLE

30

Sexta-feira

Matutino

LUCIANA SCHMITZ

Alexandre Gandolfi Neto

Grupo 18

Arte

23

LUCIANA SCHMITZ

Alexandre Gandolfi Neto

Língua Estrangeira

46

Grupo 19

PLE

30

Sexta-feira

Vespertino

LUCIANA SCHMITZ

Alexandre Gandolfi Neto

Grupo 20

Informática

35

MARCELO EYNG

Alexandre Gandolfi Neto

Grupo 21

EJA

35

Sexta-feira

Noturno

VERA REGINA LÚCIO

Alexandre Gandolfi Neto

Grupo 22

Ed. Física

60

Sexta-feira

Vespertino

 

Alexandre Gandolfi Neto

Total

 

84 horas mensais

 

PAUTA FORMATIVA:

Mês

Temática

Março

Google Classroom.

Abril

Ferramentas digitais de aprendizagem e habilidade/competência.

Maio

Ferramentas digitais de aprendizagem e taxonomia de bloom.

Junho

Ferramentas digitais de aprendizagem e avaliação de habilidade e competência.

Julho

Ferramentas digitais de aprendizagem e metodologias ativas.

Agosto

Ferramentas digitais de aprendizagem e multiletramento.

Setembro

Ferramentas digitais de aprendizagem e empreendedorismo.

Outubro

Ferramentas digitais e temas transversais.

Novembro

CEAD ERER – consciência negra.

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES         

Grupo 1 – 1º Ano; Grupo 2 – Língua Portuguesa; Grupo 3 – 5º Ano; Grupo 4 – 1º Ano; Grupo 5 – Língua Portuguesa; Grupo 6 – 5º Ano

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

15 

05

03 

07 

 05

 02 e 30

 –

04 

 08

Grupo 7 – 2º Ano e Auxiliar de Ensino; Grupo 8 – Matemática; Grupo 9 – 2º Ano; Grupo 10 – Matemática; Grupo 11 – Ciências

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

16

 06

04

08

06

03 E 31

 05

 09

Grupo 12 – 3º Ano e TAS; Grupo 13 – História, Geografia e Filosofia; Grupo 14 – 3º Ano e TAS

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

17

07

 05

09

 07

04

01

 06

 10

Grupo 15 – 4º Ano; Grupo 16 – 4º Ano e Auxiliar de Ensino

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

18

08

 06

10

 08

05

02

 07

 11

Grupo 17 – PLE; Grupo 18 – Arte e Língua Estrangeira; Grupo 19 – PLE; Grupo 20 – Informática; Grupo 22 – Educação Física

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

19

09

 07

11

 09

06

03

 08

 12

ALGUNS REGISTROS

 

VII – PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA EDUCADORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ

OBJETIVO GERAL:

Este programa de extensão acordado entre o USJ e a SME/PMSJ, coordenado pela Professora Vera Regina Lúcio em parceria com o Professor Marcelo Eyng e com a Professora Luciana Schmitz, tem o objetivo geral de instrumentalizar os professores do ensino fundamental e da EJA da Rede Municipal de São José, para a utilização da plataforma Google Classroom e de estratégias pedagógicas mediadas ou não por tecnologias computacionais na implementação integral do Currículo Base da Educação Josefense.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

  1. Promover a reflexão e aplicabilidade do currículo josefense no processo ensino-aprendizagem, a partir do contexto educacional na e pós-pandemia;
  2. Apresentar estratégias pedagógicas que podem ser aplicadas e mediadas ou não por tecnologias computacionais;
  3. Compreender como se dá a avaliação por competência a partir de critérios e indicadores.

LOCAL DE REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES

Home Office, em momentos síncronos e assíncronos (Google Meet, WhatsApp, Streamyard e Youtube).

PÚBLICO-ALVO

O público alvo são os professores e profissionais da Educação Infantil da Rede Municipal de São José.

PRINCIPAIS AÇÕES EXECUTADAS

  • Aplicação das formações para os professores da rede;
  • Reunião de feedback pós formação;
  • Reunião de alinhamento para formação;
  • Desenvolvimento de material para a formação de cada mês;
  • Mediação das lives transmitidas pelo Streamyard e pelo Youtube.

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

 

ALGUNS REGISTROS

VIII – PROJETO DE CAPACITAÇÃO PARA  DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PARA PESSOA FÍSICA 2021/2020

DEFINIÇÃO

Este projeto de extensão, coordenado pela Professora Stela Bueno Mergner, foi ofertado em março e abril deste ano de 2021, para proporcionar aos participantes que procuraram ou se inscreveram no projeto, conhecimentos técnicos e práticos sobre o preenchimento da Declaração de IPRF – Imposto de Renda de Pessoas Físicas 2021.

OBJETIVO GERAL

Subsidiar a realização do ajuste anual, final de espólio e saída definitiva do país para Pessoa Física 2021/2020.

PRINCIPAIS ATIVIDADES EXECUTADAS:

No dia 20/03/2021, foi oferecida uma aula de 9h para a capacitação de 53 participantes, das 08h às 12h e das 13h30 às 18h30;

Durante os meses de março e de abril de 2021, foi disponibilizada consultoria pela Plataforma Classroom e pelo WhatsApp.

ALGUNS REGISTROS

 

IX – PROGRAMA DE RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA – PRP

 

 

O QUE É PRP?

O Programa Residência Pedagógica (PRP), é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores, que visa promover, por meio de concessão de bolsas, a atuação dos discentes de licenciatura no cotidiano da escola pública de educação básica, a partir do quinto período do curso de licenciatura. Os projetos institucionais de residência pedagógica têm duração de 18 meses, organizados em 3 módulos de 138 horas cada um, no decorrer de 3 semestres.

Os discentes de licenciatura podem se tornar “alunos residentes” através de seleção, e devem comprometer-se com uma dedicação mensal mínima de 23 horas, nas quais irão desenvolver atividades didático-pedagógicas em escolas públicas, sob a orientação de um docente orientador do curso de licenciatura, e de um professor preceptor da escola.

 

OBJETIVOS

Objetivo Geral:

Induzir o aperfeiçoamento do estágio curricular supervisionado nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso (CAPES 2018).

Objetivos específicos:

I – incentivar a formação de docentes em nível superior para a educação básica, conduzindo o licenciando a exercitar de forma ativa a relação entre teoria e prática profissional docente;

II – promover a adequação dos currículos e propostas pedagógicas dos cursos de licenciatura às orientações da Base Nacional Comum Curricular (BNCC);

 III – fortalecer e ampliar a relação entre as Instituições de Ensino Superior (IES) e as escolas públicas de educação básica para a formação inicial de professores da educação básica; e

IV – fortalecer o papel das redes de ensino na formação de futuros professores.

 

CONTEXTO DO USJ

O USJ foi selecionado como Instituição apta a desenvolver o 2º Projeto no período de 2020 a 2022, com dois núcleos de formação: Educação Infantil e Anos Iniciais.

Participam desses núcleos, além dos 54 estudantes do Curso de Pedagogia do USJ, duas Professoras do USJ, Prof. Dra. Vera Regina Lucio e Prof. Dra Izabel Cristina Feijó de Andrade; uma professora Coordenadora Institucional, Prof. Dra. Wanderléa  P. Damásio Maurício, juntamente com as Instituições Centro Educacional Municipal Infantil Araci Olívia da Silva-Kobrasol/São José e Escola de Educação Básica Municipal Vereadora Albertina Krummel Maciel – Fazenda Santo Antônio/ São José. Participam ativamente Reitores, Professores (03) e Estudantes do Curso de Pedagogia (29) do USJ, 6 professores e gestores da Secretaria de Educação do Município de São José (SC), e 160 estudantes dos anos Iniciais e Centros de Educação Infantil – CEIs com imersão no processo pedagógico com 03 módulos de 138 horas cada um. Cada Módulo compreende: a) 86 horas de preparação da equipe, estudo sobre os conteúdos da área e sobre metodologias de ensino, familiarização com a atividade docente por meio da ambientação na escola e da observação semi-estruturada em sala de aula, elaboração de relatório do residente juntamente com o preceptor e o docente orientador, avaliação da experiência, entre outras atividades; b) 12 horas de elaboração de planos de aula; e c) 40 horas de regência com acompanhamento do preceptor, tendo como campo de imersão dos estudos nas Instituições de Ensino Municipal. 

Além disso, todos os estudantes e docentes/funcionários de Pedagogia do USJ também participaram direta ou indiretamente de três seminários nessa instituição durante o itinerário de desenvolvimento desse Projeto.

 

PROTAGONISTAS E DEFINIÇÕES IMPORTANTES

 

1 Residente: discente com matrícula ativa em curso de licenciatura que tenha cursado o mínimo de 50% do curso ou que estejam cursando a partir do 5º período;

  1. Preceptor: professor da escola de educação básica responsável por planejar, acompanhar e orientar os residentes nas atividades desenvolvidas na escola-campo.
  2. Docente Orientador: docente da Instituição de Ensino Superior (IES) responsável por planejar e orientar as atividades dos residentes de seu núcleo de residência pedagógica estabelecendo a relação entre teoria e prática;
  3. Coordenador Institucional: docente da IES responsável pela organização, acompanhamento e execução do projeto institucional de Residência Pedagógica;
  4. Projeto Institucional: projeto apresentado por uma IES, composto por subprojetos e seus respectivos núcleos, para desenvolvimento de atividades de residência nas escolas-campo.
  5. Escola-campo: escola pública de educação básica habilitada pela Secretaria de Educação ou órgão equivalente e selecionada pela IES para participar do projeto institucional de residência pedagógica.
  6. Núcleo de residência pedagógica: grupo formado por 1 docente orientador, 3 preceptores, 24 residentes bolsistas e até 6 residentes voluntários.
  7. Subprojeto: núcleo ou conjunto de núcleos organizados por áreas de residência pedagógica, classificadas como prioritárias e gerais.
  8. a) Áreas prioritárias de residência pedagógica: Alfabetização, Ciências/Biologia, Física, Língua Portuguesa, Matemática e Química.
  9. b) Áreas gerais de residência pedagógica: Arte, Educação Física, Filosofia, Geografia, História, Informática, Língua Inglesa, Língua Espanhola, Sociologia, Intercultural Indígena, Educação do Campo e Pedagogia.

8.1. Os subprojetos de Alfabetização deverão fundamentar o planejamento de suas atividades em evidências provenientes das ciências cognitivas e observar os princípios, objetivos e diretrizes dispostos na Política Nacional de Alfabetização, instituída pelo Decreto nº 9.765, de 11 de abril de 2019, de forma a garantir a integração entre as práticas pedagógicas de alfabetização, literacia e numeracia. As atividades desses subprojetos deverão ser realizadas em turmas da educação infantil, do 1ª ao 2º ano do Ensino Fundamental I, ou de jovens e adultos.

8.2. As atividades desses subprojetos deverão ser realizadas em turmas da educação infantil; do 1ª e 2º ano do Ensino Fundamental I ou de jovens e adultos.

  1. Subprojeto interdisciplinar: núcleo ou conjunto de núcleos constituídos por até três áreas de residência pedagógica que atuam de forma articulada e integradas entre si.
  2. Ambientação: vivenciar a rotina escolar para conhecer o funcionamento da escola e a cultura organizacional, acompanhar as atividades de planejamento pedagógico, identificar como é feita a articulação da escola com as famílias e a comunidade, dentre outros aspectos.

 

 

ANEXOS

 

https://capes.gov.br/images/novo_portal/editais/editais/06012020-Edital-1-2020-Residencia-Pedagogica.pdf

 

ALGUNS REGISTROS

 

 

X – PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA – PIBID

 

 

O QUE É O PIBID?

 

  • O Pibid é uma ação da Política Nacional de Formação de Professores do Ministério da Educação (MEC) que visa proporcionar aos discentes, na primeira metade do curso de licenciatura, uma aproximação prática com o cotidiano das escolas públicas de educação básica e com o contexto em que elas estão inseridas.
  • O programa concede bolsas a alunos de licenciatura participantes de projetos de iniciação à docência desenvolvidos por instituições de educação superior (IES), em parceria com as redes de ensino.
  • Os projetos devem promover a iniciação do licenciando no ambiente escolar ainda na primeira metade do curso, visando estimular, desde o início de sua formação, a observação e a reflexão sobre a prática profissional no cotidiano das escolas públicas de educação básica. Os discentes são acompanhados por um professor da escola e por um docente de uma das instituições de educação superior participantes do programa. 

 

COMO FUNCIONA O PIBID?

 

As IES interessadas em participar do Pibid devem apresentar, à Capes, seus projetos de iniciação à docência conforme os editais de seleção publicados.

Os projetos institucionais podem contemplar diversos núcleos de iniciação à docência composto de 24 a 30 discentes, 3 professores da escola e 1 professor da instituição de educação superior. Os núcleos agrupam-se por subprojetos definidos segundo o componente curricular da educação básica para o quais são formados os discentes.

Podem se candidatar IES públicas ou privadas com ou sem fins lucrativos que ofereçam cursos de licenciatura e que atendam aos requisitos dos editais de seleção.

As instituições selecionadas pela Capes recebem cotas de bolsas. Os bolsistas do Pibid são escolhidos por meio de seleções promovidas por cada IES.

 

MODALIDADES DE BOLSA PIBID

 

A Capes concede quatro modalidades de bolsa aos participantes do projeto institucional:

  1. Iniciação à docência– para discentes de licenciatura dos cursos abrangidos pelo subprojeto. Valor: R$400,00 (quatrocentos reais).
  2. Professor supervisor– para professores de escolas públicas de educação básica que acompanham, no mínimo, oito e, no máximo, dez discentes. Valor: R$765,00 (setecentos e sessenta e cinco reais).
  3. Coordenador de área– para docentes da licenciatura que coordenam os subprojetos. Valor: R$1.400,00 (um mil e quatrocentos reais).
  4. Coordenação institucional– para o docente da licenciatura que coordena o projeto institucional de iniciação à docência na IES. Permitida a concessão de uma bolsa por projeto institucional. Valor: R$1.500,00 (um mil e quinhentos reais).

 

No USJ, como só há o núcleo da Pedagogia, a coordenadora institucional também assumiu a coordenação de área.

 

As bolsas são pagas pela CAPES diretamente aos bolsistas, por meio de crédito bancário.

 

PIBID/USJ EM SÃO JOSÉ

 

Mesmo que no campo educacional, nos últimos anos, o Brasil tenha revelado progressos, já que os dados do relatório da UNESCO (2010) divulgam que as novas gerações estão sendo mais alfabetizadas do que o total da população em quinze anos, o crescimento na inserção escolar revela problemas preocupantes com relação à qualidade do ensino, já que mais de 50% do total dos alunos matriculados nos terceiros anos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental possuem atualmente nível insuficiente em leitura e matemática (INEP, 2017).

Nesse ínterim, mesmo que Santa Catarina destaque-se positivamente por apresentar uma distribuição de renda mais equilibrada, se comparada a outros estados da federação e concentre as 27 cidades entre as com melhor índice de IDH do país, e que o município de São José, a quarta mais populosa de Santa Catarina e a 115ª do Brasil (IBGE, 2017), pertença à microrregião da Grande Florianópolis cujo IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) de 0,86 seja o melhor IDH-M entre as 33 regiões metropolitanas do país (Pnud, 2011), investimentos em políticas públicas necessitam ser ampliados e aprimorados para que o aproveitamento escolar também  seja superior.

Conforme o relatório SEBRAE (2013), especificamente em relação aos alunos matriculados na Educação Básica no município, pode-se averiguar que se 27,7% dos alunos frequentam os Anos Iniciais do Ensino Fundamental, o número de alunos na Educação de Jovens e Adultos é de 9,5%, o que caracteriza a necessidade de atendimento especializado no atendimento à infância a fim de gerar impactos positivos duradouros na educação e, a médio prazo, diminua significativamente os índices de analfabetos e analfabetos funcionais na população.

Dessa forma, a inserção de programas como o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – Pibid, que fomenta os esforços de investimentos do governo federal, propõe em nossa região a efetividade das reflexões e ações para a formação de profissionais da educação mais qualificados para a docência se solidificasse. Neste cenário, o Centro Universitário Municipal de São José – USJ coaduna seus interesses com a CAPES, por meio do Pibid. O Centro Universitário Municipal de São José – USJ, instituição de Ensino Superior, assume compromisso com a busca constante de conhecimentos que visem à solução de problemas surgidos das aspirações e das necessidades da sociedade.

Nessa esteira, o USJ viabiliza o Pibid como uma ação integradora da Política Nacional de Formação de Professores de modo a promover a imersão do aluno de Pedagogia na escola de Educação Básica.

 

RESPONSÁVEIS PELO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA – PIBID/USJ

 

Responsável Reitoria USJ: Professor Renato Brittes

Coordenadora Institucional: Simone Ballmann de Campos

 

 

ANEXOS

Editais Capes/Pibid

http://www.capes.gov.br/educacao-basica/capespibid/editais-e-selecoes

 

ALGUNS REGISTROS

 

  • Em 2020, o USJ iniciou o ano ofertando 6 (seis) Projetos de Extensão: NES/USJ – Núcleo de Estudos Sênior; Produção literária – História do USJ; NAF – Núcleo de assistência contábil e fiscal do USJ; Escritório de Inovação; Direitos Humanos e a Interdisciplinaridade na formação para a cidadania; Cocreation Lab São José; Implantação da Plataforma Google For Education – GSuíte para Educação.
  • Então, em março de 2020, devido à Pandemia provocada pelo Coronavírus (Covid-19), e em cumprimento aos diversos decretos governamentais e municipais, que dentre diversas recomendações e exigências, suspenderam as aulas e outras atividades acadêmicas presenciais no Estado de SC, o USJ adotou, já no dia seguinte à publicação do Decreto Estadual 506/2020, a continuidade das aulas no USJ, mas na modalidade virtual (ou remota). Também deu-se continuidade aos Projetos do NES, da Plataforma GSuíte, e do Escritório de Inovação, todos na modalidade virtual/remota.
  • Atuando de modo remoto/virtual, promoveu as seguintes ações de extensão:

A. Aquisição de dez quilos de filamentos e quinhentas folhas de acetato para DOAÇÃO de mais de 100 máscaras de acetato (Face Shields) feitas na Impressora 3D do USJ, pelos técnicos da instituição;

 

B. ESCRITÓRIO DE INOVAÇÃO:

Oferta de 9 Meetups, realizados no 1º semestre, por meio do Google Meet, e inseridos no canal youtube do Escritório de Inovação do USJ. Com a participação de 39 palestrantes e mediadores, no total de 510 ingressos e participantes, sendo 82% dos ingressos foram adquiridos por smartphone, pela plataforma do Sympla. Todos os participantes receberam certificados com as horas de participação. Todas os MEETUPS estão no canal do Escritório de Inovação USJ, YOUTUBE, INSTAGRAM. Os Meetups ofertados foram:

  1. Foco na Inovação e criatividade, mas transformando empresas, dia 27 de abril das 17:30 às 18:30.
  2. Foco na Contabilidade no momento de crise nas organizações, 04 de maio das 17:30 às 18:30.
  3. Foco na gestão financeira em tempo de crise nas empresas e com pessoas, dia 14 de maio das 17:30 às 18:30.
  4. Foco em estratégias de propriedade intelectual, no dia 18 de maio das 17:30 às 18:30.
  5. Mesa redonda – Foco na Revolução do Direito e novas práticas na pandemia, dia 28 de maio das 17:30 às 18:30.
  6. Mesa redonda – Foco na Educação, Conhecimento e Inovação, dia 02 de junho das 17:30 às 18:30.
  7. Mesa redonda – Foco na Saúde, coach e inovação, dia 16 de junho das 17:30 às 18:30.
  8. Mesa redonda – Foco em Startups e inovação, dia 28 de junho das 17:30 às 18:30.
  9. Mesa redonda – Foco na Gestão e revolução por meio do caos – a nova ordem para evoluir e torna empresas e startups cada vez mais fortes e inovadoras, dia 14 de julho das 17:30 às 18:30.

 

No segundo semestre/2020, o Escritório de Inovação promoveu os seguintes eventos e ações:

  1. Entrega do Canvas do projeto, via Classroom;
  2. Encaminhamento e acompanhamento do preenchimento dos questionários da ACAFE relativos aos segmentos de governo e iniciativa privada de São José e região, para estruturação de uma Plataforma de Pesquisa que congregará todas as instituições associadas da ACAFE;
  3. Palestra: A importância da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais para empresa/negócio (Palestrante: Felipe Rau, Graduando em Administração. (Projeto BIBACK) das 17:40 às 18:20 no Gmeet);
  4. Palestra: Como empreender em tempos de pandemia (Palestrante: Wieneke Kroon Nau, Administradora das 17:40 às 18:20 no Gmeet);
  5. Palestra sobre Coach e liderança nos projetos (Palestrante: Claudio Barbosa das 17h40 às 18h20 no Gmeet);
  6. Palestra sobre Processo de construção de uma Startup até o PITCH (Palestrantes: Gustavo Fernandes e Vinicius Francisco das 17:40 às 18:20 no Gmeet);
  7. Live de apresentação do PITCH FINAL, realizada no dia 02/12 às 17h40.

C. PROJETO DE TI NO USJ:

Entre junho e julho/20, este Projeto de Extensão, aprovado em Edital Interno 028/2020, e coordenado pelo Professor Marcelo da Silva, desenvolveu um programa que foi utilizado no Processo de Vestibular de Inverno do USJ, para arquivar os dados e fornecer o relatório final dos classificados neste processo seletivo. Em agosto, foi efetuada a análise de nova proposta para reformular o web site do USJ, que foi finalizada em dezembro de 2020; Em outubro, este projeto criou um Formulário de Disponibilidade de Horários para o semestre de 2021/1, que foi preenchidos pelos professores do USJ, cujos dados foram analisados e foi emitido um relatório final dos dados coletados, para a reitoria.

D. PLATAFORMA GSUÍTE

Por meio deste Projeto, a comunidade acadêmica pode fazer uso de diversos produtos e soluções ofertadas pelo Google, dentre as quais destacam-se:

  • E-mail institucional – Ilimitadas contas de e-mail com armazenamento ilimitado;
  • Google Docs – Editor de texto;
  • Google Planilha – Planilha eletrônica;
  • Google Apresentações – Apresentações;
  • Hangout – Ambientes de videoconferência;
  • Armazenamento ilimitado através do Google Drive;
  • Agenda – possibilita o compartilhamento de atividades e eventos;
  • Formulários – Possibilita a geração de pesquisas, enquetes;
  • Sites – Liberdade de criação de sites e páginas para a internet;
  • Google Sala de aula – composto pelo “classroom” e pelo “atividades”, ferramentas que possibilitam a interação entre professores e alunos, possibilitando a disponibilização de material e de atividades.
  • Youtube – Para a criação de vídeos em atividades de aula e para a instituição.

Grupos – Permite a criação de grupos de interesse, facilitando desta forma a disseminação das informações.

D. PROJETO DE ANÁLISE DA TOMADA DE DECISÃO NA GESTÃO CONTÁBIL

Em agosto de 2020, por meio do Edital Interno 038/2020, foi aprovado o Projeto de Análise da Tomada de Decisão na Gestão Contábil, coordenado pelos Professores Fernando Nitz de Carvalho e Alfredo Lohn Braun. Este projeto visou auxiliar a Prefeitura Municipal de São José (PMSJ), mais especificamente a Secretaria Municipal de Segurança, na avaliação econômico-financeira de organizações prestadoras de serviços em processos licitatórios e em dispensa de licitações. No decorrer dos meses de setembro e outubro, os professores fizeram um levantamento com perícia contábil, na documentação de uma prestadora de serviço contratada pela respectiva Secretaria, de modo que em novembro, o parecer final foi entregue e apresentado em reunião realizada em novembro/20.

F. PROJETO DE FORMAÇÃO DOCENTE EM TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS PARA A REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE SÃO JOSÉ

Composto por mais de 40 eventos, dentre lives, oficinas e minicursos, o PROJETO DE FORMAÇÃO DOCENTE EM TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS PARA A REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE SÃO JOSÉ, está sendo promovido pelo Centro Universitário Municipal de São José – USJ, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São José – SME/SJ.

O pioneirismo deste projeto deve-se a duas fontes: toda a capacitação docente está ocorrendo na modalidade virtual; e também por tratar-se do maior evento já promovido na história do USJ (mais de 2.000 professores da rede municipal de ensino de São José serão beneficiados pelo projeto, com mais de 200 horas sendo ofertadas em variadas possibilidades de formação).

Trata-se, em síntese, de um programa que congrega oficinas, palestras e minicursos sobre variadas tecnologias educacionais digitais, para capacitar os professores da rede municipal do nosso município, considerando-se a necessidade de oferta de ensino na modalidade virtual, nos tempos atuais.

As oficinas e os minicursos são ofertados pelo Google Meet, com limite de 90 vagas a cada evento.  Já as lives têm sua transmissão feita pelo Canal Youtube, de modo que, em média,  aproximadamente 400 professores e outras pessoas da comunidade tem assistido de forma simultânea a cada evento, havendo ainda uma média de 2.500 visualizações por live.

Nas oficinas e minicursos realizados, foram comuns estes tipos de comentários: “Que maravilha!”; “Adorei esta oficina!”; “Legal por demais”; “Adorei esta opção que aprendi agora neste curso”; “Muito obrigada pela excelente aula, professora!”.

  • Em 2019, o USJ contou com 10 projetos voltados à extensão, coordenados por professores da instituição, por meio de Edital Interno, cada projeto atendeu a demandas da sociedade e à comunidade acadêmica. Na sequência, relatam-se as ações e resultados de cada um deles:

    NES/USJ – Núcleo de Estudos Sênior

    Coordenado pelo professor José Carlos da Silva, com 05 horas semanais, o NES/USJ – NÚCLEO DE ESTUDOS SÊNIOR é um projeto de extensão vinculado ao Programa da Maturidade, proposto pelo Centro Universitário Municipal de São José – USJ, e tem como fundamento a inclusão social e a formação continuada de adultos maduros (acima de 45 anos) e idosos de forma a empreender um resgate produtivo e cognitivo, trabalhando de forma multidisciplinar na valorização global do indivíduo, capacitando-o por meio de atividades culturais, artísticas e físicas, contribuindo desta forma para a manutenção de capacidade funcional.

    O projeto é composto por unidades curriculares e outras atividades socioeducativas, incluindo assuntos atuais e contextualizados conforme a realidade do público-alvo, promovendo o fortalecimento da autoestima, a ampliação de horizontes, a sociabilidade, a atualização de informações e de conhecimentos. Nessa perspectiva, o projeto contempla atividades em um ambiente culturalmente diversificado, incentivando novas formas de aprendizado e relacionamento.

    O NES está em funcionamento desde 2014, e em 2019, houveram 65 inscritos e 43 concluintes.

    Projeto Observatório de Segurança Pública de São José/SC

    Coordenado pela Professora Marinez Chiquetti Zambon, do Centro Universitário Municipal de São José, com 02 horas semanais, em parceria com o Comando da Polícia Militar de Santa Catarina, este projeto tem como objetivo de aproximar as duas Instituições USJ e a PMSC, com a possibilidade de sistematizar os conhecimentos em aspectos diferenciados aproximando s comunidade acadêmica com os diferentes valores e conhecimentos da linha militar, numa perspectiva de ênfase na pesquisa com foco na segurança pública.

    O projeto atingiu, durante o ano, 704 participantes em seus eventos e nas visitas técnicas

    Produção literária – História do USJ

    Coordenado pela professora Suzana Zanon, com 05 horas semanais o curso tem como finalidade narrar e ilustrar os feitos do USJ e de sua mantenedora FUNDESJ, para mostrar à comunidade Josefense os benefícios trazidos à região, por meio do USJ, e os resultados dos investimentos de recursos públicos no ensino de nível superior. Em fase inicial, o livro ainda falta desenvolver conteúdos referentes a outros aspectos. É relevante mostrar a comunidade acadêmica e a região dos Josefenses todos os investimento e melhorias que vem sendo feitos pela gestão atual do USJ, com o apoio da FUNDESJ, nas tomadas de decisão, bem como o comprometimento da prefeita, em manter e defender a instituição.

    Utilização e o desenvolvimento de games com instrumento para potencializar o raciocínio logico dos estudantes do 5º ano do ensino fundamental.

    Coordenado pelo professor Jaime Miranda, foram executadas diversas atividades no decorrer do projeto, todas focadas no objetivo, onde foi utilizada a ferramenta trello para a gestão das atividades do projeto. De modo geral, e de acordo com os questionários aplicados no primeiro e no último dia de aula, observou-se a positividade, aceitação e bom aproveitamento dos alunos.

    O projeto atingiu em média 50 alunos do 5º anos do ensino fundamental do Colégio Maria Luiza de Melo.

    NAF – Núcleo de assistência contábil e fiscal do USJ.

     

    Coordenado pela professora Mara Cristine Kich, com 04 horas semanais, tem como objetivo oferecer serviços contábeis e fiscais de forma gratuita aos contribuintes de baixa renda, MEI, pequenas empresas ou sociedades civis sem fins lucrativos, que, de outro modo não teriam acesso as orientações básicas gratuitamente. Foram feit5as divulgação do projeto junto à comunidade acadêmica com atividades essencialmente de orientação intuindo o acadêmico a participar em situações reais de vida e de trabalho. Em relação à comunidade houve bastante procura durante a realização do projeto, esclarecendo duvidas e resolvendo problemas pontuais. Para 2020, tem como meta ampliar o portfólio de serviços relativos a tributos federais, bem como promover cursos de conscientização para o cidadão sobre temas de relevância tributária.

    Foram realizados aproximadamente 100 atendimentos, no decorrer de 2019.

    Escritório de Inovação

     

    Coordenado pelo professor Gilson Riham Karkotli, com 04 horas semanais, com o objetivo principal de incentivar alunos do USJ com perfil empreendedor e inovador, a transformar uma ideia num projeto de Startup de sucesso, oferecendo aos alunos de todos os cursos, por meio de elaboração de projetos tecnológicos, econômicos, criativos e inovadores. Para os discentes, o projeto gerou oportunidades de mercado, geração de empregos e trabalhos, e ajuda no desenvolvimento econômico inovador, criativo e social do município de São José.

    Como meta para 2020, buscar-se-á a organização de eventos para o público interno e externo, além de verbas para subsidiar novas ações deste projeto de extensão.

    Ao longo do projeto, foram criadas 10 equipes de 2 a 5 alunos, com formação multidisciplinar por semestre.

    Direitos Humanos e a Interdisciplinaridade na formação para a cidadania.

     

    Coordenado pelo professor Edson Telê, com 04 horas semanais, este projeto  tem com o objetivo promover inserção de temas relacionados a direitos humanos como conhecimentos necessários para formação dos indivíduos, numa perspectiva de disseminação e conscientização da importância de zelar pela dignidade e direitos das pessoas. Pode-se concluir que o projeto alcançou seu objetivo com a participação efetiva dos acadêmicos do USJ, da comunidade Josefense, do NES, do CATI e acadêmicos de outras instituições. Foram debatidos diversos temas e subtemas relacionados aos direitos humanos, além de contribuir para a divulgação e elevação do nome do USJ – Centro Universitário Municipal de São José.

    Totalizou-se aproximadamente 678 pessoas presentes em nossos eventos.

    Reestruturação do Portal Web (site) do USJ.

     

    Coordenado pelo professor Jaime Miranda, com 02 horas semanais, tem como objetivo reestruturar o Portal Web do USJ a fim de melhorar a interação (experiência) do público (interno e externo) no acesso às informações pertencentes a instituição.

    Foram executadas diversas atividades para proporcionar melhor interação com o portal e seus usuários, atingindo quase sua totalidade, faltando basicamente para o seu termino as migrações dos dados das páginas do portal antigo para o novo; o chaveamento do domínio para o novo portal, bem como o treinamento da equipe da reitoria que irá alimentar esses dados.

    Cocreation Lab São José.

     

    Coordenados pelos professores Marinez Zambon, Osmar Cunha Filho e Gilson Karkotli, com 05 horas semanais cada professor, tem como objetivo atuar na organização, implantação e mentoria desse projeto em São José, oferecendo serviço de pré-incubadora para projetos aprovados em editais na cidade de São José.

    O projeto está em fase final de mentoria da equipe GET MUSIC, com a perspectiva de finalizar em fevereiro de 2020.

    A Adoção de Metodologias Ativas no Processo de Ensino-Aprendizagem na Área Contábil.

     

    Coordenado pela professora Stephanie Kalynka Rocha Silveira, com 05 horas semanais, o projeto tem como objetivo identificar as metodologias ativas desenvolvidas no curso de Ciências Contábeis do Centro Universitário Municipal de São José (USJ) no semestre de 2019.2. O Projeto justifica-se por contribuir com as pesquisas da área, oferecendo mais embasamento para novos estudos. Assim como, visa direcionar os docentes para aplicação de práticas e auxiliar com a melhora dos índices de desempenho em exames nacionais realizados pelos discentes, uma vez que as metodologias ativas contribuem para o desempenho acadêmico.

 
 

Em 2018, o USJ contou com 11 projetos de extensão, coordenados por professores da instituição, por meio de Edital Interno, sendo que cada projeto atendeu a demandas da sociedade e à comunidade acadêmica. Na sequência, relatam-se as ações e resultados de cada um deles:

NES/USJ – Núcleo de Estudos Sênior

O NES/USJ – NÚCLEO DE ESTUDOS SÊNIOR, é um projeto de extensão vinculado ao Programa da Maturidade, proposto pelo Centro Universitário Municipal de São José – USJ, e tem como fundamento a inclusão social e a formação continuada de adultos maduros (acima de 45 anos) e idosos de forma a empreender um resgate produtivo e cognitivo, trabalhando de forma multidisciplinar na valorização global do indivíduo, capacitando-o por meio de atividades culturais, artísticas e físicas, contribuindo desta forma para a manutenção de capacidade funcional.

O projeto é composto por unidades curriculares e outras atividades socioeducativas, incluindo assuntos atuais e contextualizados conforme a realidade do público-alvo, promovendo o fortalecimento da autoestima, a ampliação de horizontes, a sociabilidade, a atualização de informações e de conhecimentos. Nessa perspectiva, o projeto contempla atividades em um ambiente culturalmente diversificado, incentivando novas formas de aprendizado e relacionamento.

O NES está em funcionamento há 4 anos, e em 2018, houveram 60 inscritos, com 44 concluintes.

Projeto Integrador Contábil do USJ

Coordenado pelo Professor Ednaldo de Souza Vilela, este projeto tem por objetivo preparar a comunidade docente e discente do USJ para a implantação de um Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal – NAF, da Receita Federal do Brasil.  No dia 03/10/2018, foi realizada a Assinatura do Convênio entre o USJ e o NAF, com a palestra “Cidadania na Receita Federal”, com o Auditor da Receita Federal, Sr. Giovanni Zanella.  Nesse evento, houve a participação de 168 acadêmicos.

Projeto Observatório de Segurança Pública de São José/SC

Coordenado pela Professora Marinez Chiquetti Zambon, do Centro Universitário Municipal de São José, em parceria com o Comando da Polícia Militar de Santa Catarina, este projeto tem como objetivo aproximar as duas Instituições USJ e a PMSC, com a possibilidade de sistematizar os conhecimentos em aspectos diferenciados aproximando a comunidade acadêmica com os diferentes valores e conhecimentos da linha militar, numa perspectiva de ênfase na pesquisa com foco na segurança pública. Em 08/11/2018, foi realizado o 1º Seminário de Segurança Pública do USJ, contando com 350 ouvintes/participantes.

Projeto “Curso com a Temática BNCC – Base Nacional Comum Curricular”

Coordenado pela Professora Marinez Chiquetti Zambon, do Centro Universitário Municipal de São José, este projeto tem como objetivo atualizar a comunidade docente de São José quanto à BNCC.  Houveram 737 participantes, com um total de 200 concluintes certificados, com nota igual ou superior a 7,0 (sete).

Projeto Formação Inicial e Educação Sexual: Promoção da saúde sexual com a interface das tecnologias e mídias na aprendizagem significativa

Coordenado pela Professora Graziela Raupp Pereira, este projeto visou promover, por meio de Curso na modalidade on line, na Plataforma Moodle, a educação sexual como direito à informação, bem como a promoção da saúde sexual dos acadêmicos, em geral. O projeto resultou na participação, e consequente conclusão do curso, de 25 acadêmicos do USJ, 25 acadêmicos da UDESC, 25 acadêmicos de graduação da Universidade de Aveiro/Portugal, e 25 da Universidade Pedagógica de Moçambique – UP de Moçambique.

Projeto Inglês Instrumental Básico para a Comunidade Acadêmica

Coordenado pelo Professor Roberto Antônio Capiotti da Silva, este projeto teve o objetivo de desenvolver habilidades e técnicas de leitura em inglês que permitiu aos alunos, a compreensão dos textos bem como as especificidades gramaticais do inglês, em nível básico. Foram ofertadas 20 vagas.

Projeto USJ 2030: Elaboração do Planejamento Estratégico do USJ

Coordenado pelo Professor Paulo Sergio de Moura Bastos, este projeto teve o objetivo de elaborar uma proposta de Planejamento estratégico do USJ para o período compreendido entre 2018-2020. O projeto foi interrompido em virtude do afastamento do coordenador do projeto para tratamento de saúde.

Projeto de Extensão Voluntário Amigo em Ação.

Coordenado pela Professora Silvanira Lisboa Scheffler, este projeto teve como objetivo implantar e implementar a cultura do voluntariado, principalmente entre os acadêmicos do USJ.20 alunos inscreveram-se e 10 participaram efetivamente do projeto.

Projeto Programa Permanente de Conscientização e Preparação do Corpo Discente e Docente do USJ para o ENADE – Exame Nacional de Desempenho de Estudantes.

Coordenado pelo Professor Juarez Perfeito, este projeto teve o objetivo de conscientização e preparação do corpo discente e docente dos Cursos de Administração e de Ciências Contábeis do USJ para o ENADE/2018.  No Simulado realizado em 09/10/2018, o qual contou com uma prova contendo questões de ENADE de edições de anos anteriores, contabilizou-se 70 alunos participantes.

Projeto de Avaliação Institucional em Unidades Escolares da Rede Privada de Ensino do Município de São José

Coordenado pelo Professor Juarez Perfeito, este projeto teve o objetivo de realizar a Avaliação Institucional em Unidades Escolares da Rede Privada de Ensino do Município de São José para elaboração de diagnóstico acerca das condições de oferta de educação, na modalidade Ensino Fundamental. O projeto contou com a participação de 4 (quatro) discentes como monitores voluntários para a realização do trabalho.

Projeto “Melhorias do Site do USJ”

Coordenado pelos Professores Jaime Miranda Júnior e Fernanda Dias da Rocha, este projeto teve o objetivo de reestruturar o site da instituição, para que as pessoas em geral possam usufruir desse espaço de divulgação de informações sobre o USJ, de uma maneira mais simples e funcional. Das 36 etapas propostas pelo projeto, 14 já foram cumpridas até dezembro de 2018.

Os 6 projetos de Extensão ofertados pelo USJ, em 2017, foram:

NES/USJ – Núcleo de Estudos Sênior

O NES/USJ – NÚCLEO DE ESTUDOS SÊNIOR, é um projeto de extensão vinculado ao Programa da Maturidade, proposto pelo Centro Universitário Municipal de São José – USJ, e tem como fundamento a inclusão social e a formação continuada de adultos maduros (acima de 45 anos) e idosos de forma a empreender um resgate produtivo e cognitivo, trabalhando de forma multidisciplinar na valorização global do indivíduo, capacitando-o por meio de atividades culturais, artísticas e físicas, contribuindo desta forma para a manutenção de capacidade funcional.

O projeto é composto por unidades curriculares e outras atividades socioeducativas, incluindo assuntos atuais e contextualizados conforme a realidade do público-alvo, promovendo o fortalecimento da autoestima, a ampliação de horizontes, a sociabilidade, a atualização de informações e de conhecimentos. Nessa perspectiva, o projeto contempla atividades em um ambiente culturalmente diversificado, incentivando novas formas de aprendizado e relacionamento.

O NES está em funcionamento há 3 anos, e em 2017, houveram 83 inscritos, com 22 concluintes.

Projeto Prodocência: Oficinas de Inovação Pedagógica com jogos e Educomunicação na escola.

 

O Projeto tem por objetivo possibilitar o acesso dos futuros docentes a experiências pedagógicas diferenciadas, envolvendo-os desde a concepção até a execução das oficinas de inovação no âmbito da escola.

E planejar em conjunto, acadêmicos e professores do USJ, as atividades, estratégias pedagógicas e o cronograma a ser desenvolvido nas oficinas de inovação pedagógica.

Projeto Observatório de Segurança Pública

 

Coordenado pela Professora Marinez Chiquetti Zambon, do Centro Universitário Municipal de São José, em parceria com o Comando da Polícia Militar de Santa Catarina, este projeto criou uma base de dados sobre segurança pública.

Projeto Formação de Professores e Comunidade com o CBMSC em EaD

 

Coordenado pela Professora Marinez Chiquetti Zambon, do Centro Universitário Municipal de São José, em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, este projeto realizou um seminário estadual, sobre temas relativos à segurança pública.

 

Projeto Brinquedoteca Itinerante

 

Coordenado pela Professora Kamila Regina de Souza, do Centro Universitário Municipal de São José, este projeto visa ofertar aos alunos da rede municipal, por intermédio dos estudantes do Curso de Pedagogia do USJ, brinquedos e jogos que possam ser utilizados como recursos pedagógicos para aprendizagem.

 

Projeto de Desenvolvimento de Competências

 

Coordenado pela Professora Mileide Marlete Ferreira Leal Sabino, do Centro Universitário Municipal de São José, este projeto ofertou 10 minicursos sobre diferentes competências e habilidades, para os alunos dos cursos de graduação do USJ, e para a comunidade em geral.

 

Em 2016, foram desenvolvidas as seguintes ações de extensão, pelo USJ (Centro Universitário Municipal de São José):

·       NES/USJ – Núcleo de Estudos Sênior: O NES/USJ iniciou o ano com 79 inscritos, e formou 53, em dezembro/2019.  Ao longo do ano, foram ministradas as disciplinas de Direito do idoso, Saúde e Autocuidado, Relações Interpessoais, História de São José, Noções Básicas e Avançadas de Informática, Liderança e Gestão de Equipes, Fundamentos de Contabilidade e de Economia, Coaching e Liderança, Integração entre Idosos

·       Projeto Prodocência: Oficinas de Inovação Pedagógica com jogos e Educomunicação na escola: O Projeto tem por objetivo possibilitar o acesso dos futuros docentes a experiências pedagógicas diferenciadas, envolvendo-os desde a concepção até a execução das oficinas de inovação no âmbito da escola.

·       E planejar em conjunto, acadêmicos e professores do USJ, as atividades, estratégias pedagógicas e o cronograma a ser desenvolvido nas oficinas de inovação pedagógica.

Em 2015, foram desenvolvidas as seguintes ações de extensão, pelo USJ (Centro Universitário Municipal de São José):

  • O NES/USJ – Núcleo de Estudos Sênior do USJ, é um projeto de extensão voltado para o atendimento social e pedagógico de adultos maiores de 45 anos, por meio do qual oferta, anualmente, cursos ministrados por professores do USJ e convidados externos, além de promover palestras, apresentações e atividades culturais diversas, tais como: visitas a exposições e museus, idas a teatros, visitas a parques e comunidades históricas da Grande Fpolis. Em 2015, o USJ formou duas turmas, com mais de 70 concluintes;
  • Ao longo do ano de 2015, o USJ promoveu os seguintes cursos de capacitação:

1) Curso de Humanização no Atendimento ao Cidadão, que totalizou 4 horas, para capacitação dos técnicos da Secretaria da Receita que atuam no atendimento do piso térreo da Prefeitura;

2) Programa de Desenvolvimento de Competências Gerenciais, composto de cinco disciplinas (que abordaram conteúdos de Contabilidade, Previdência, Relações Humanas, Visão Estratégica, Direito Administrativo) que totalizaram 72 horas de capacitação ofertados aos servidores da Prefeitura;

3) Curso de Integração dos Novos Servidores (recém aprovados no concurso público) da Secretaria da Receita, totalizando 20 horas.

Alternar conteúdo

Em 2014, foram desenvolvidas as seguintes ações de extensão, pelo USJ (Centro Universitário Municipal de São José):

  • Atuação conjunta com outros órgãos da PMSJ na Coordenação Geral do “Fala, São José”;
  • Elaboração do Projeto de Formação dos Gestores Escolares da Região da Grande Florianópolis, em parceria com a SME;
  • Implementação do Moodle, no sistema acadêmico do USJ, permitindo a complementação de aulas, na modalidade virtual.
  • Efetivada a parceria com a Secretaria de Ação Social para implementação do Projeto de Extensão do USJ, o Núcleo de Estudos Sênior – NES/USJ, curso gratuito de extensão universitária, para cidadãos com idade acima de 45 anos. Em 2014, houve a formatura de 26 alunos;
  • Elaboração, em parceria com a Seplan, do “Curso de Qualidade no Atendimento ao Público”, com os módulos de Qualidade de Vida no Trabalho, Qualidade no Atendimento ao Público e Princípios da Administração Pública, do Programa de Desenvolvimento de Competências Gerenciais da PMSJ.

Em 2013, foram desenvolvidas as seguintes ações de extensão, pelo USJ (Centro Universitário Municipal de São José):

  • Estudos preliminares sobre a legalidade de firmar convênios com a Prefeitura (Secretarias, Autarquias e Fundações), objetivando a formação continuada dos servidores públicos e consultoria e recebimento pela prestação dos serviços educacionais realizados, porém, ainda não houve um consenso sobre como procedermos;
  • Elaboração e execução em parceria do “Curso de Atualização em Acolhimento e Humanização” para profissionais da Secretaria Municipal de Saúde;
  • Elaboração do “Projeto de Capacitação e Consultoria para a Secretaria Municipal de Educação de São José”;