Semana das Licenciaturas do USJ



Semana das Licenciaturas do USJ

Com o propósito de compartilhar e disseminar conhecimentos, vivências e possibilidades para atuações práticas e pontuais, no desenvolvimento dos acadêmicos e futuros profissionais, a Semana das Licenciaturas do Centro Universitário Municipal de São José (USJ), realizada entre os dias 18 a 21 de setembro, agregou diversas oficinas e palestras para enriquecer e complementar, de forma abrangente e eficaz, a formação de cada participante para seu futuro exercício profissional.

Além de facilitar a socialização entre cursos e turmas das Licenciaturas oferecidas pela Instituição, a experiência da descoberta de dons originais e/ou de identificação com uma das diversas linhas de atuação pedagógica, foram visivelmente aproveitados.

Oficinas ofertadas:

“Possibilidades de ingresso na Pós-Graduação”: foi realizada pelas pedagogas egressas do USJ, Dra. Kamila Regina de Souza (UDESC), Doutoranda Juliana Costa Muller (UFSC), Doutoranda Ana Paula Knaul (UFSC), Doutoranda Wanessa Matos Vieira (UDESC) e Mestranda Andreza Meyer (UFSC)  na programação da Semana das Licenciaturas USJ do dia 19 de setembro. As referidas egressas, que deram continuidade aos seus estudos no âmbito do mestrado e do doutorado, abordaram as possibilidades de ingresso na Pós-Graduação pública para um público de 30 estudantes do USJ e da Faculdade Municipal de Palhoça (FMP), apresentando-lhes modos de elaboração e aprimoramento do currículo lattes, pesquisa de editais abertos, conhecimento das diferentes linhas de pesquisa de um programa de Pós-Graduação e práticas de análise das perspectivas teóricas e temáticas de possíveis orientadores(as). Diante disso, essa oficina pode cumprir com o seu papel de ampliar os conhecimentos de estudantes de graduação para perspectivarem a continuidade dos estudos na área, podendo também, optar pela carreira acadêmica.
As pedagogas egressas do USJ agradeceram o convite no desejo de,futuramente, encontrar mais egressos (as) das instituições de ensino superior municipais, realizando sua formação também em nível de mestrado e doutorado.

2017-09-21-PHOTO-00001355

 

“Orientações gerais para o ENADE 2017”:  teve como objetivo sensibilizar os estudantes sobre a sua responsabilidade com os instrumentos que compõem o ENADE e informá-los sobre as instruções para um bom resultado na prova. Foi apresentado o formato da prova, e alguns exemplos de questões do ENADE, de anos anteriores, visando esclarecer as intencionalidades proposta em cada questão pelo seu elaborador.

2017-09-21-PHOTO-00001340

“Gestão Escolar”: foi trabalhado sobre os tipos de gestão, o perfil do gestor, o papel do pedagogo gestor e o compromisso do gestor com a gestão pedagógica (ensino, aprendizagem, planejamento e PPP).

 

“Contação de histórias na educação.”: a contação de histórias é uma atitude corpórea, assim sendo presente e possível em todas as etapas da educação (educação infantil, ensino fundamental, médio e graduação). A oficina, portanto, busca traduzir em experiência da oralidade (corpo, memória e voz) a presença da contação de história.Aspectos como postura, voz, e gestualidade são essenciais para que a contação aconteça de forma precisa e potencializada. E compõem a estrutura da oficina. Todo lugar é possível para que ocorra a história, basta brincar de “ser”.

 

“Oficina de Encadernação em Tecidos”:. No dia 20 de setembro, a Profa. Dra. Graziela Raupp Pereira, contemplou as acadêmicas com atividades envolvendo tecidos, fuxicos, botões, fitas, passa fitas, entre outros, que acabaram se transformando em cadernos e agendas. De acordo com a Professora, ver as acadêmicas querendo aprender a fazer fuxico, embelezando seus materiais de estudo com o reaproveitamento dos mais diversos materiais, mostra a importância de mais momentos como este no meio acadêmico, contribuindo com a sustentabilidade tão necessária, resgatando a nossa cultura e propiciando a boniteza na socialização entre as turmas.

21616393_10207625433672853_707529654292128217_n (1)